Governo disponibiliza 360 milhões/mt

O governo disponibilizou um montante de 360 milhões de meticais para responder às necessidades de um milhão e meio de pessoas que estão a ser assoladas pela seca nas zonas centro e sul do país.

Este valor surge no âmbito do Alerta Vermelho Institucional decretado semana passada pelo Conselho de Ministro.

No que diz respeito a assistência imediata, o director-geral do INGC, João Machatine, disse que a sua instituição precisa de pelo menos 15 mil toneladas de produtos alimentares diversos para distribuir as famílias. Destas 13 mil toneladas são de cereais e os restantes dois mil são de feijões.

Monetariamente, a instituição precisaria de 13.5 milhões de dólares norte-americanos por mês para assistir as pessoas afectadas pela seca nas províncias do sul e centro do país.

“O valor é muito alto mas estamos a contar com os esforços dos parceiros de cooperação. Deste encontro saíram posições positivas. Os parceiros estão dispostos para mobilizar recursos necessários dentro de uma semana” afirmou.

As províncias de Maputo, Gaza, Inhambane, Sofala, Tete, Manica e a zona sul de  Zambézia são as sete afectadas pela seca e estiagem.